O Convite

Te vejo lá

— Não tenho muito interesse. Obrigado pela proposta.

— Beleza. Quando quiser, avisa. Lá eu me sinto melhor do que em qualquer lugar. Isso não é psicológico, é real! Como é seu nome mesmo?

— Virgulino. Sim, eu entendo.

— Você já foi lá?

— Com certeza "não".

— Fica na Av. Washington Soares.

— Eita! Bem longe, né?

— Ao lado do novo shopping.

— Ah, acho que já vi.

— Ao lado daquela boite também.

— Sim, sei.

— Depois da farmácia.

— Sei onde é. Longe pra burro. Não gosto muito daquele bairro.

— Mas tem um núcleo pertinho, no bairro da Parangaba.

— Sei onde é também. Mas tem engarrafamento, né?

— Igreja como essa é rara. Eu não tenho cargo lá. Dá até pra assistir live dos cultos. Onde mais eu acharia isso?

— Verdade. Coisa rara.

— Atenção individual! Células pequenas.

— Legal.

— É. Mas quanto menor melhor.

— Claro, claro. Mas eu não sei nem o número do ônibus que eu teria que pegar.

— Sem numerologias.

— Mas eu falei do ônibus.

— Qual ônibus? O seu?

— Não, não. O que eu teria que pegar.

— Sabe de quanto foi o jogo do flamengo ontem?

— 3x0 para o galo.

— KOINONIA!

— KOINONIA?

— Grego. Convivência. Ligação. Para vencer uma paixão só tendo uma maior ainda.

— Como assim?

— Amanhã tem PIROL. Quer ir?

— PIROL? Estarei no trabalho. Trabalho até tarde, amanhã.

— É à noite. Tem van gratuita da igreja. Vai ser um treinamento avançado de líderes de células. Você vai adorar. A sessão passada foi sobre rezas e terços. Ah, e o melhor, se não quiser não precisa pagar nada.

— Deus me livre. Eu realmente não tenho o mínimo de interesse. Estou surpreso por ter quem pague.

— O CONTRÁRIO. NÃO PRECISA PAGAR NADA.

— Sim, sim.

— A gente se fala lá, então.

— Oi?

— Você disse "deus me livre"?! Ambíguo, não?

— Um pouco.

— Paradoxalmente ambíguo. Como -1 vezes -1.

— Humm.

— E as horas?

— Que que tem elas?

— Que horas são?

— Dez para as sete.

— Posso contar contigo, né? Não fica encucado. Vai tranquilo.

— Vai pra onde? Acho que você não está entendendo, meu camarada.

— Você escolhe, eu vou. Ninguém vai te prender lá. Você precisa dele!

— Escolher o que? Hã?

— Amanhã. PIROL, na Parangaba, às 19h.

— Companheiro, não sei o que é PIROL na Parangaba. Amanhã o dia vai ser pancada, só devo chegar umas 22h em casa.

— Lá vai até às 23h.

— Tenho até futebol no mesmo horário.

— Futebol você vai ter sempre. Isso é algo e-s-p-i-r-i-t-u-a-l. Se não gostar, fica livre. Qual amigo teu te chama para ir à igreja até hoje?

— Acho que nenhum.

— E para festa? Todos, não é mesmo?

— Exato. Por isso são meus amigos.

— Você acha que quando algo é melhor vão espalhar assim? Pare para pensar.

— Não entendi a relação. Mas não posso deixar meu time na mão.

— No mundo é cada um por si e Deus nem existe. Na igreja é um time de v-e-r-d-a-d-e.

— Sim, sim. Ouvi dizer. E ainda tem minha vó que precisa da minha companhia.

— Eu nem estou ganhando dinheiro ao te convidar.

— Ainda bem.

— Não é por pena. O mundo não tem novidade mas a igreja tem. Parece o contrário. Os pecados são os mesmo desde antes de Cristo. Pare para pensar.

— Não sei se entendi…

— Madalena era prostituta, lembra? Fé é acreditar no que a bíblia diz mesmo sem ver.

— Lembro sim.

— Isso é mentira do DIABO. REPREENDE EM NOME DE JESUS! Todos os pensamentos negativos são dele. Ele ja é um derrotado e você não.

— Mas eu nã….

— Meu ônibus chegou, tenho que ir. Te espero lá, beleza?

— Eu não vou.

— Eu sigo a Deus e só a ele!

— M-mas… V-você não tinha ido embora?

— Não era meu ônibus. Engraçado, né?

— Não muito.

— Nenhum pecado me separará de Deus. Por que "não muito"?

— Ah, convenhamos. Não é muito engraçado. Dá para abrir um sorriso e franzir as sobrancelhas.

— Por quê?

— Por que o quê?

— É, não é muito engraçado mesmo, me convenceu… Deus não prende, mas sim o homem. Deus não usa formas.

— Eu não acho que deus ousaria ir tão longe.

— Até onde ele foi?

— Até um passo antes de ter que usar formas.

— Pelo contrário, ele quer cada um do seu jeito.

— Mas foi o que eu disse.

— Agora é meu ônibus. A DECISÃO É SUA. Sei que te verei lá.

— Ok. Não vou.

--

--

--

Pigs don’t fly, never say die

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Guilherme "Virgs" Moraes

Guilherme "Virgs" Moraes

Pigs don’t fly, never say die

More from Medium

Expanding the reach of art, architecture and artefacts with Holo-NFTs

Wait, timeout — Makers Day 3

MOVEMENT — The healing start to domestic abuse!

Data Monetization Report — HUDI